Aparelho verifica real proteção dos óculos de sol

06/04/2011 - 00:00:00 | 124

Testes da USP indicam que 10% das lentes escuras deixam passar radiação demais

Um aparelho parecido com o que é usado nos aeroportos para fazer check-in será útil para a saúde pública. Um display desenvolvido pela USP de São Carlos permite ao usuário testar imediatamente se seus óculos escuros realmente o protegem contra os raios ultravioleta.

\r\n

 
O aparelho está em uso na universidade desde a semana passada e está sendo patenteado. Há, inclusive, planos de testá-lo nas praias de Copacabana (Rio) e João Pessoa (PB).O display tem uma tela de informações e um compartimento para que o usuário coloque seus óculos. Segundos depois, aparece na tela o tipo da lente e a porcentagem de proteção das lentes contra os raios UVA e UVB.

\r\n

 
As lentes são divididas em cinco categorias: de muito claras a muito escuras. As que são usadas na praia não servem para dirigir, por exemplo. De acordo com a lei, óculos com lentes muito escuras não podem deixar passar mais do que 4% dos raios UVA. O aparelho da USP indica se a lente passou desse limite. 
 
Quando usamos óculos muito escuros, nossas pupilas tendem a se dilatar. Se a lente não estiver com o filtro adequado, a radiação pode danificar os olhos, causar inflamações e até catarata. Nos testes feitos pela USP de São Carlos, cerca de 10% dos óculos (originais ou falsificados) tinham lentes com pouca proteção.

\r\n

 
A coordenadora do projeto, Liliane Ventura, do Laboratório de Instrumentação Oftálmica da Engenharia Elétrica, afirma que o aparelho é inédito no país. Segundo ela, os testes feitos em laboratório demorar até 40 minutos para dar uma resposta. Já o display tem a mesma precisão e exibe as informações em segundos para os usuários. 

\r\n

Autor:  Agência Comunicado

\r\n

Fonte:  Folha de S. Paulo



  • Produtos relacionados
  • Comentários

Produtos relacionados


É necessário se logar no site para enviar um comentário.







Super produtos