Estudo aponta que dor nas costas pode ter causa genética

11/03/2011 - 00:00:00 | 119

Boa postura e cuidados podem reverter o problema

\r\n A dor nas costas em sua forma crônica pode ter um componente genético. Pesquisadores da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, estudaram mais de 1 milhão de habitantes do estado. Eles focaram as análises em indivíduos com hérnia de disco ou problemas semelhantes que geralmente resultam em dor crônica. Os dados, publicados no mês passado no The Journal of Bone and Joint Surgery, mostraram que ter um parente de segundo ou terceiro grau com a condição aumentava o risco de a pessoa apresentar lombalgia, independente de fatores ambientais como estilo de vida, tabagismo e sedentarismo. Ter um membro imediato da família com essa condição aumentava o risco em mais de quatro vezes. 

\r\n

\r\n Os estudos vêm mostrando uma clara conexão entre genética e dor nas costas e ainda há outros que fortalecem essa hipótese ao identificar versões de um gene que produz uma proteína de colágeno e parece estar ligado à hérnia ciática e de disco. 

\r\n

\r\n Independentemente de o desenvolvimento de dores nas costas por causa de componentes genéticos, é importante que todas as pessoas tomem certas precauções para evitar ou melhorar esse problema, que é bastante comum. A dor nas costas atinge cerca de 80% da população e muitas vezes está relacionada à má postura. Os sintomas aparecem quando o corpo não consegue mais se adaptar à postura errada. Além disso, um agravante é passar muitas horas na mesma posição. Isso acontece com pessoas que trabalham o dia todo em frente ao computador, por exemplo. Não há musculatura que aguente jornadas de até oito horas em frente ao micro, sem intervalos nem exercícios. 

\r\n

\r\n Nos últimos anos, por incrível que pareça, verificou-se um aumento no número de casos de crianças com dor nas costas. Trata-se de um problema recente. Há cerca de duas décadas, somente adultos e idosos sofriam do problema. Antigamente, quando crianças de 10 anos apresentavam dores nas costas, considerava-se a hipótese de algo grave, como um tumor, por exemplo. O quadro mudou porque muitas  crianças ficam tempo demais na frente do computador e da televisão, com pouca atividade física. 

\r\n

\r\n Dicas para evitar as dores nas costas: 

\r\n
    \r\n
  • \r\n A melhor forma de evitar o aparecimento da doença é através da prática de alongamento.
  • \r\n
  • \r\n No trabalho: Ajustar corretamente o encosto e a altura da cadeira. A mesa deve ficar na altura do cotovelo. Sentar bem encostado e alinhado com o eixo da cadeira. Evitar torções do tronco e do pescoço, como pegar algo atrás do corpo ou segurar o telefone com os ombros. Fazer pequenas pausas para dar uma espreguiçada, caminhar um pouco, para só depois sentar novamente.
  • \r\n
  • \r\n Quando estiver em casa, evitar realizar tarefas com os mesmos padrões de movimento das atividades do trabalho.
  • \r\n
  • \r\n Dedicar um tempo, durante a semana, para praticar algum tipo de exercício físico ou participar da ginástica laboral da empresa.
  • \r\n
\r\n

\r\n  Esses conselhos são válidos para todas as pessoas, como forma de evitar e amenizar a lombalgia. Nos casos em que a pessoa é obesa, é fundamental perder peso para reverter o problema. 

\r\n

\r\n Fonte:  Agência Comunicado

\r\n


  • Produtos relacionados
  • Comentários

Produtos relacionados


É necessário se logar no site para enviar um comentário.







Super produtos