Exercício em excesso prejudica o organismo

10/01/2012 - 00:00:00 | 122

Insônia, taquicardia, respiração dificultosa e até infarto estão entre as consequências da pratica exagerada de atividade física

\r\n Quem quer sair da vida sedentária com o objetivo de melhorar a saúde e o desempenho muscular deve prestar atenção quanto à intensidade e à frequência dos exercícios físicos. Tanto o sedentarismo como o exagero nos treinos trazem danos ao organismo.
\r\n
\r\n É preciso saber respeitar os próprios limites, determinados pela condição física, sexo, idade e alimentação. Todos esses fatores são levados em conta pelo profissional capacitado para elaborar um programa de exercícios.  A avaliação completa (check-up) e o acompanhamento médico e nutricional são importantes.  
\r\n
\r\n Todo e qualquer exercício deve ser praticado de forma prazerosa. Se isso não estiver acontecendo e o treino levar a um cansaço extremo, em que corpo e mente se esgotam, é porque algo está errado. No entanto, assim como a moderação deve ser respeitada pelos não atletas profissionais, é preciso saber o momento exato para aumentar a carga e o ritmo. Isso porque o corpo acaba se acostumando à intensidade e duração do exercício, e o que era adequado acaba se tornando leve demais, reduzindo os benefícios à saúde.
\r\n
\r\n Segundo os especialistas, atravessar os limites entre a prática moderada do exercício e a extenuante acaba elevando a concentração dos radicais livres, que podem prejudicar o funcionamento do sistema imunológico, aumentar o risco de inflamações e cardiovascular, além de contribuir para o desenvolvimento de tumores. O excesso de exercício provoca intensas dores musculares e ósseas e aumenta o risco de ocorrerem lesões. Eventos como taquicardia, respiração ofegante, dificuldades para dormir, cãibras, tonturas, inchaço e vermelhidão nas articulações são outras consequências do excesso de exercícios.
\r\n
\r\n É desta forma que, de benfeitor, o exercício passa o ocupar o cargo de vilão. Em casos extremos, esta condição de organismo extenuado pode também levar a um acidente vascular, lesões por estresse ou até infarto.
\r\n
\r\n Por: AgComunicado
\r\n       

\r\n


  • Produtos relacionados
  • Comentários

Produtos relacionados


É necessário se logar no site para enviar um comentário.







Super produtos