Flamenco trabalha as emoções e a vitalidade dos movimentos

23/11/2011 - 00:00:00 | 136

Para se emocionar com esta dança, não é preciso entender de flamenco, nem falar espanhol - basta sentir!

\r\n Uma dança que apaixona e conquista pelos movimentos vigorosos da batida dos pés no chão, a graciosidade das mãos e a sinuosidade dos quadris em momentos chave. O olhar da “bailaora” (bailarina) ou do “bailaor” (bailarino) emocionam. As palmas “a compás” (no compasso) ressoam e arrepiam. Estamos falando da dança flamenca.

\r\n

\r\n Originário da região de Andaluzia, no sul da Espanha, o flamenco é mais que uma simples dança. Remete a uma cultura que nasceu da fusão de elementos de vários povos: andaluzes, árabes, judeus e “gitanos” (ciganos, em espanhol). Foram estes, aliás, que deram a forma final a esta arte jovem que, no século XIX, saiu do seio das famílias ciganas para ganhar os cafés, bares e, finalmente, os palcos dos teatros.

\r\n

\r\n Para quem quer mexer o esqueleto e manter a forma, a dança flamenca é ideal para tonificar os músculos das pernas, braços e costas. A capacidade aeróbica melhora, assim como a agilidade e a coordenação motora, pois não é fácil executar ao mesmo tempo sapateado, cheio de matizes e ritmo, com o movimento das mãos e braços.

\r\n

\r\n Nas aulas, professores ensinam ao aluno a técnica dos pés que é a base para sapatear bem, assim como o movimento do tronco, quadris, mãos e braços. Porém, vai-se além de passos e coreografias: trabalha-se também os sentimentos! O ritmo é também importantíssimo, pois cada música flamenca – em geral, sempre tocada ao vivo, com acompanhamento da “guitarra” (violão) e da voz potente de um “cantaor” (cantor) – possui melodia própria e característica, além de contagem musical.

\r\n

\r\n Qualquer pessoa pode aprender a dançar o flamenco – é o que dizem muitos “maestros” (professores) espanhóis. Muitas vezes, alunos que nunca dançaram antes se saem melhor que aqueles que já dominam outros ritmos. Ao contrario de outras modalidades de dança que exigem corpos perfeitos, o flamenco pode ser dançado por altas, magras, gordinhas ou baixinhas. A idade também não importa, desde que não haja contraindicações para se movimentar. Homens, mulheres e crianças (a partir dos seis anos) são bem-vindos!

\r\n

\r\n Para fazer uma aula de flamenco é preciso ter sapatos de salto alto (para elas) ou botas (para eles). Estes calçados são especiais, com solado de borracha e “preguinhos” que ajudam a “tirar” o som do sapateado. As mulheres usam saia longas e blusas; os homens, calça confortável e camiseta.

\r\n

\r\n A autoconfiança, a autoestima, a desinibição e a expressividade são também pontos explorados por um bom professor, tanto nas aulas como composições coreográficas. Bater os pés no chão ajuda a liberar o estresse, o cansaço e as tensões. Procure uma escola perto de sua casa ou trabalho e... olé!

\r\n

\r\n  

\r\n

\r\n Por: AgComunicado

\r\n

\r\n  

\r\n


  • Produtos relacionados
  • Comentários

Produtos relacionados


É necessário se logar no site para enviar um comentário.







Super produtos