Manter uma alimentação saudável ajuda a prevenir a labirintite

08/08/2011 - 00:00:00 | 128

Alimentos ricos em fibras e minerais promovem absorção mais lenta da glicose

\r\n A labirintite costuma apresentar sintomas em pessoas  acima dos 40 anos, mas existem exceções. Geralmente, ela decorre de inúmeras causas, desde defeitos genéticos até infecções causadas por microrganismos. Alterações hormonais ou metabólicas, como a diabetes ou mau funcionamento da tireoide, hipertensão e o estilo de vida são alguns dos fatores que influenciam seu surgimento. Uma rotina conturbada somada a estresse, consumo de bebidas alcoólicas e cigarros tendem a piorar as crises e torná-las mais frequentes.
\r\n
\r\n Podemos caracterizar a labirintite como um problema que interfere no funcionamento das estruturas internas do ouvido, também conhecidas como labirinto. Ela pode comprometer a cóclea, responsável pela audição, além dos canais semicirculares e o vestíbulo, ambos fundamentais para a manutenção do equilíbrio do corpo.
\r\n
\r\n Dependendo do grau de comprometimento do ouvido interno, o mal estar pode ser acompanhado de reações como vômitos, suor excessivo, palidez, zumbidos, impressão de ouvido tapado e até diminuição da audição.
\r\n
\r\n Cuidados
\r\n
\r\n Mudanças no estilo de vida são fundamentais para prevenir e tratar a labirintite. Pessoas que já sofrem com a doença não devem passar mais de três horas sem se alimentar. O consumo de chocolates, café e alimentos com alta dosagem de corantes e conservantes devem ser evitados, pois agravam as vertigens. O sal também não fica atrás quando o assunto é labirintite. Seu excesso pode estar relacionado ao aumento da pressão no vasos, o que dificulta a chegada de nutrientes à parte interna do ouvido. O mais indicado é manter uma alimentação rica em alimentos naturais e frescos, como frutas, verduras e legumes. Quanto às massas, o ideal é optar pelas integrais, pois as fibras promovem a absorção mais lenta da glicose.
\r\n
\r\n Pessoas diabéticas, com hipoglicemia ou hipertensão são mais propensas a desenvolver labirintite.
\r\n
\r\n Por: AgComunicado

\r\n


  • Produtos relacionados
  • Comentários

Produtos relacionados


É necessário se logar no site para enviar um comentário.







Super produtos