Prática de esportes pode ajudar a controlar crises asmáticas

18/07/2011 - 00:00:00 | 127

Combinar atividades e esportes aeróbicos aos tratamentos médicos pode trazer bons resultados para asmáticos

\r\n Durante anos prevaleceu a ideia de que pessoas asmáticas não podiam participar de sessões de exercícios físicos. Os médicos temiam a ocorrência de espasmos durante o esporte. Com o passar do tempo, ficou claro que quando submetidos a treinamentos e exercícios, os portadores de asma apresentavam melhoras físicas e emocionais.
\r\n
\r\n Claro que é importante lembrar que os esportes não substituem os medicamentos, devendo ser encarados apenas como uma ferramenta auxiliar nos tratamentos de asma. Esportes aeróbicos costumam ser os mais indicados: natação, vôlei, dança, ciclismo, entre outros. Dentre as atividades,  a caminhada é um destaque, já que além de ser barata e de fácil execução, é indicada para quase todas as pessoas. Já a corrida não traz grandes benefícios no caso dos asmáticos, pois estimula a respiração pela boca, fazendo com que a pessoa inale ar seco. Por consequência, pode induzir crises. Para evitar efeitos contrários, é importante, antes de iniciar qualquer prática esportiva, buscar uma avaliação com o médico especialista.
\r\n
\r\n O tratamento da asma por meio de medicamentos e medidas adequadas ajuda seu portador a controlar a doença e levar uma vida normal. Pesquisadores já comprovaram que a prática de esportes ou outros exercícios proporciona, em crianças ou adultos, uma melhora gradativa na saúde física e mental.
\r\n
\r\n Os especialistas recomendam exercícios de 50 minutos a 1 hora por dia, três vezes por semana. Apenas com esse tempo de atividade a pessoa poderá desenvolver o condicionamento físico necessário para controlar a asma.
\r\n
\r\n DICAS
\r\n
\r\n Evite exercícios muito ativos, que o faça transpirar, em dias muito secos e em avenidas movimentadas, principalmente em horários de pico do trânsito, pois o ar poluente pode gerar crises.
\r\n Opte por academias com piscinas aquecida e dentro de locais fechados. Também é importante ficar atento ao risco de choque térmico ao entrar o sair da água;
\r\n
\r\n Para reduzir a quantidade de ácaros, troque as roupas de cama pelo menos uma vez por semana e coloque os cobertores para “tomar sol” com frequência.
\r\n
\r\n Por: AgComunicado

\r\n


  • Produtos relacionados
  • Comentários

Produtos relacionados


É necessário se logar no site para enviar um comentário.







Super produtos