Sedentarismo aumenta risco de doenças cardiovasculares

12/03/2012 - 00:00:00 | 124

Segundo dados da OMS, 33% das mortes no Brasil são relacionadas à doenças cardiovasculares

\r\n Já não é novidade que a prática de atividades físicas proporciona incontáveis benefícios para saúde.    E ainda assim, a grande maioria da população é sedentária. Qualquer pessoa que não pratique atividades físicas regulares, seja uma caminhada ou esportes como o futebol, por exemplo, pode ser considerada sedentária.
\r\n
\r\n Dentre as consequências de um estilo de vida sedentário, destacam-se as doenças cardiovasculares. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 33% das mortes no Brasil estão relacionadas à doenças cardiovasculares.
\r\n
\r\n São consideradas doenças cardiovasculares todas aquelas que atingem o sistema circulatório, ou seja, o coração e os vasos sanguíneos. As mais comuns são arritmia, enfarte de miocárdio e acidentes vasculares cerebrais (AVC). Na grande parte dos casos, são causadas pelo acúmulo de gordura na parede dos vasos sanguíneos.
\r\n
\r\n Fatores como má alimentação, cigarro, diabetes, hipertensão, obesidade e sedentarismo aumentam a predisposição a estas doenças. Existem casos em que os sintomas são silenciosos e de uma hora para outra, a pessoa pode enfartar ou mesmo ter uma morte súbita.
\r\n
\r\n As doenças cardiovasculares também podem ter origem genética, mas ainda assim, é possível preveni-las. Deixar o sedentarismo de lado e cuidar da alimentação são os passos fundamentais.
\r\n
\r\n As opções de exercícios físicos são vastas, basta escolher o que mais combina com os gostos pessoais e estilo de vida. Caminhar, especialmente para quem está iniciando um programa de exercícios físicos, é uma boa alternativa. Pode ser praticada dentro ou fora da academia e ser realizada em grupo, em duplas ou individualmente. A caminhada trabalha as funções cardiovasculares, fortalece os músculos, reduz a pressão sanguínea e os níveis de colesterol, aumenta a produção de endorfina (o hormônio do bem estar) e de quebra, ainda ajuda a manter a boa forma física.  Na alimentação, deve-se investir em alimentos ricos em ômega-3, encontrados em peixes como o salmão e o atum, e fibras, presentes em frutas e alimentos integrais.
\r\n
\r\n Por: AgComunicado

\r\n


  • Produtos relacionados
  • Comentários

Produtos relacionados


É necessário se logar no site para enviar um comentário.







Super produtos