Sociedade Brasileira de Pediatria aumenta recomendação de consumo diário de vitamina D para crianças

16/03/2011 - 00:00:00 | 82

Especialistas recomendam exposição solar apropriada

A partir de maio, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) duplicará o valor da recomendação de ingestão diária de vitamina D para crianças e adolescentes. O valor passará de 200 UIs (unidades internacionais) para 400 UIs por dia. No Brasil, o cálculo de consumo de vitamina D é feito em microgramas. Cada UI equivale a 40 mcg. Os especialistas brasileiros recomendam a exposição adequada de crianças ao sol para que a nova meta diária de vitamina D seja alcançada 
 
A mudança na recomendação da SBP seguirá parcialmente as novas orientações da Academia Americana de Pediatria, que foram publicadas no início do mês. Nos Estados Unidos, as diretrizes recomendam o consumo de 400 UI para crianças de até 18 meses e de 600 UI para as mais velhas, independentemente da exposição ao sol. 
 
Com relação ao cálcio, a recomendação para consumo continuará a mesma: 700 mg de cálcio para crianças de 1 a 3 anos; e 1g de cálcio para as de 4 a 8 anos. 
 
O consumo de vitamina D é importante pois ela atua no processo de ossificação, junto com o cálcio. Quando em falta, pode causar raquitismo, alterações no crescimento e nos ossos e redução na imunidade. Em quantidades ideais, diminui o risco de osteoporose na fase adulta. 
 
A principal fonte de vitamina D é a exposição diária à luz solar por pelo menos 15 minutos. O sol estimula a síntese da vitamina no organismo.  
 
Os pediatras acreditam que, apenas com a alimentação, as crianças não alcançam nem a recomendação antiga de consumo diário de vitamina D, de 200 Uis. Portanto, será necessário estimular a exposição adequada dessas crianças ao sol. 
 
Apesar de o Brasil ser ensolarado, isso não quer dizer que as pessoas não corram riscos de deficiência de vitamina D. A suplementação de vitamina D tem sido cada vez mais recomendada pelos especialistas para que os valores mínimos diários sejam alcançados.

\r\n

Autor:  Agência Comunicado

\r\n

Fonte:  O Estado de S. Paulo



  • Produtos relacionados
  • Comentários

Produtos relacionados


É necessário se logar no site para enviar um comentário.







Super produtos